Aromaterapia

    A Aromaterapia é por definição uma terapêutica que utiliza óleos essenciais vegetais.

    Cada vez mais considerada e utilizada por todo o mundo o termo surge pela primeira vez no livro Aromaterapia – óleos essenciais, hormonas de planta,  1937 do químico francês, Maurice René de Gattefossé  (nascido na região de Lyon 1881-1950) considerado por isso um dos fundadores da moderna aromaterapia.

    Engenheiro químico de formação, pesquisador, com história familiar ligada aos óleos essenciais e à perfumaria ele foi gradualmente dedicando os seus estudos às áreas da dermatologia e da aromaterapia; a sua paixão e aquilo a ele chamou de técnicas “esquecidas” de tradições milenares com os óleos essenciais.

    É frequentemente referida a sua experiência com o óleo essencial de alfazema como marcante nas suas pesquisas. Após ter ficado com queimaduras extensas nas suas mãos, resultantes de uma explosão, utilizou o óleo de alfazema com resultados surpreendentes. A dor passou e a cicatrização das lesões da queimadura foi rápida e sem infecção.

    Este foi mais um acontecimento que o guiou no para o estudo das propriedades terapêuticas dos óleos essenciais, que até aí eram essencialmente usados na perfumaria e cosmética.

    Actualmente é reconhecido o poder dos óleos essenciais e os seus benefícios fisiológicos, psicológicos e energéticos.

    Óleo essencial é um termo que designa substâncias aromáticas, que é a defesa da planta, especialmente na proteção contra predadores e na  polinização, geralmente de odor agradável e intenso, na maioria em forma líquida.

    São solúveis em óleos e com solubilidade limitada em água. Evaporam rapidamente, quando expostos ao ar à temperatura ambiente, por isso também são chamados de óleos voláteis ou etéreos. Normalmente são incolores, ligeiramente amarelados ou azulados.

     

    Os óleos essenciais actuam a vários níveis:

    ·         a nível fisiológico, os seus constituintes são absorvidos pelo organismo via oral, cutânea e respiratória.

    ·         a nível psicológico, actuam através do olfacto sobre cortex cerebral, influênciando o estado emocional/mental e conseguindo maior equilíbrio pela estimulação ou sedação.

     

    Um óleo essencial apresenta uma composição complexa, algumas vezes, de centenas de diferentes  componentes e podem ser alterados por diversos fatores; a espécie vegetal, as condições ambientais, as condições de colheita, a forma de obtenção (método de extração) se existe adulteração ou falsificação de óleos esseciais, etc.

    A forma de utilização varia de acordo com o objetivo terapêutico, em função do óleo essencial utilizado e em função da pessoa. Por isso é importante experimentar, e sentir o seu efeito.

    Existem inúmeros óleos essenciais e uma numerosa lista de aplicações terapêuticas.

    Na loja online para cada óleo essencial são dadas algumas indicações de utilização para cada óleo. Também no Blog são incluídos alguns exemplos de utilização.

    No Comments

    Leave a Comment:
    Richard Mille Replica
    Although style is made inside, Mercedes usually searched the best possible lovers to manufacture the merchandise.The world financial meltdown commenced with richard mille replica the failure regarding Lehman Bros.
    0
    Carrinho de Compras